Última hora

Última hora

Ébola: UE poderá rever protocolos de segurança hospitalar

Em leitura:

Ébola: UE poderá rever protocolos de segurança hospitalar

Tamanho do texto Aa Aa

Os protocolos de segurança hospitalar poderão ser revistos em breve. A União Europeia (UE) está a equacionar alterações e deverá tomar uma decisão assim que se conheça a origem do contágio da enfermeira espanhola com o vírus ébola.

O assunto foi debatido durante a reunião do Comité de Segurança de Saúde da UE.

Frederic Vincent, porta-voz da comissão europeia, afirmou que “A crise do ébola é uma crise que se desenrola em certos países africanos, sem dúvida dramática, e a União Europeia está a trabalhar nessa matéria. Mas ver essa crise chegar à Europa é pouco provável. Temos um sistema de saúde eficaz e com meios para detetar se existe um problema, se existir as pessoas são tratadas, isoladas, etc”.

Desde março já foram infetadas mais de 7500 pessoas, 3484 das quais morreram. Dos cinco norte-americanos, um não resistiu. Dos seis europeus, dois morreram.

Face a gravidade da situação em África, o Reino Unido junta-se aos Estados Unidos e também decidiu enviar pessoal militar. Vai mobilizar 750 homens, vão ajudar a construir um centro de tratamento.