Última hora

Última hora

Greve custa 500 milhões à Air France

Em leitura:

Greve custa 500 milhões à Air France

Tamanho do texto Aa Aa

A greve dos pilotos da Air France custou 500 milhões de euros à companhia francesa, cerca de um quinto dos lucros brutos previstos para este ano.

A maior parte desse dinheiro perdido deve-se ao cancelamento de voos e marcações nas companhias rivais. As perdas foram em parte compensadas pelo que a companhia poupou em combustível e outros custos.

A greve durou duas semanas e foi uma das mais longas de sempre. Os pilotos protestavam contra o projeto de desenvolvimento da filial de baixos custos Transavia.

A greve terminou sem que houvesse um acordo sobre a forma como a Air France-KLM vai desenvolver esta filial. O projeto alargar a Transavia a uma escala europeia acabou por cair, por pressão da greve. As atividades da Transavia continuam centradas em França, mas a empresa-mãe ainda não definiu um rumo preciso.