Última hora

Última hora

Facebook quer conquistar a Índia

Em leitura:

Facebook quer conquistar a Índia

Tamanho do texto Aa Aa

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, parte à conquista da Índia. É o terceiro líder de uma empresa tecnológica norte-americana a visitar o país numa semana.

Zuckerberg vai encontrar o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, ele próprio fã de novas tecnologias. O chefe do governo possui contas Twitter e Facebook, tem uma página internet e, num país tão vasto, não hesitou em usar hologramas para fazer campanha.

Zuckerberg e Modi deverão falar do projeto “Internet.org”, através do qual o fundador do Facebook quer levar a internet às zonas mais remotas do Mundo.

A Índia é, depois dos Estados Unidos, o segundo maior mercado do Facebook, com cem milhões de utilizadores. A maioria dos quais (84 milhões) acede à rede através de aparelhos móveis.

Mas o mercado não está saturado. Segundo Zuckerberg, mais de mil milhões de indianos ainda não têm acesso à internet.

Zuckerberg deverá falar do desenvolvimento de conteúdos nas duas dezenas de línguas locais para se expandir no país e abordar a questão das taxas que poderão vir a ser cobradas às aplicações de comunicação, como WhatsApp, que Facebook acaba de comprar.