Última hora

Última hora

Violentos combates em Donetsk enquanto Rússia fala em diálogo e reformas para a paz

Em leitura:

Violentos combates em Donetsk enquanto Rússia fala em diálogo e reformas para a paz

Tamanho do texto Aa Aa

Em Donetsk, na Ucrânia, principalmente, na área do aeroporto prosseguem os intensos combates entre forças governamentais ucranianas e rebeldes pró-russos.

O cessar-fogo está em vigor, há mais de um mês, mas as hostilidades não cessaram e parecem não ter fim. As autoridades ucranianas lançam acusações ao inimigo:

“Os terroristas estão a roubar tudo o que encontram: carvão, metais, veículos e a levá-los para a Federação russa. A OSCE tem a possibilidade de acompanhar a situação. Os terroristas continuam a violar o cessar-fogo. O principal alvo, para os terroristas, é o aeroporto. Nas últimas 24 horas, ele foi atacado cinco vezes”, afirmou Andriy Lysenko, porta-voz do exército ucraniano.

Entretanto, os ministros dos Negócios Estrangeiros da Comunidade dos Estados Independentes, estiveram reunidos. Questionado sobre o problema ucraniano, Sergei Lavrov, o representante russo, afirmou:

“Para começar um diálogo é preciso sentar à mesma mesa os representantes de Kiev e das repúblicas de Luhansk e Donetsk, este é o primeiro passo. O passo seguinte deve ser um amplo diálogo político, uma reforma constitucional, incluindo todas as regiões e todas as forças políticas da Ucrânia.”

Espera-se que, na próxima semana, em Milão, os presidentes russo e ucraniano se reúnam, à margem da cimeira de líderes da União Europeia e da Ásia. A informação foi avançada pelo Kremlin.