Última hora

Última hora

México: novas valas comuns descobertas em Guerrero

Em leitura:

México: novas valas comuns descobertas em Guerrero

Tamanho do texto Aa Aa

Sob forte pressão interna e externa, o presidente do México,
Peña Nieto, pediu ao Gabinete de Segurança para acelerar a investigação sobre o desaparecimento de 43 estudantes após os “atos de barbárie” ocorridos em 26 de setembro, na cidade de Iguala.

O procurador-geral explicou:
“Temos quatro novos detidos cujas identidades estão a ser confirmadas, é por isso que eu não vou dar nomes ainda, mas o mais importante é que com essa prisão eles foram capazes de nos levar ao lugar das quatro valas comuns onde esses detidos dizem que estão também os restos mortais dos estudantes assassinados. “

Sobre os 28 corpos descobertos em valas clandestinas em Iguala, no estado de Guerrero (Sul) alguns podem podem ser dos estudantes desaparecidos.

Até ao momento foram feitas mais de 30 detenções, incluindo 22 polícias municipais.