Última hora

Em leitura:

Kobani pode incendiar rastilho na Turquia


Turquia

Kobani pode incendiar rastilho na Turquia

São imagens divulgadas pelos extremistas do Estado Islâmico no coração da cidade síria de Kobani.

Depois de conquistarem o quartel-general das forças curdas, os radicais prosseguem a ofensiva, confiantes numa vitória que se adivinha próxima.

Na mira dos fundamentalistas está, agora, o posto fronteiriço com a Turquia.

Os curdos não escondem as dificuldades em travar o avanço dos extremistas e pedem à coligação internacional para que intensifique os raides aéreos.

Ancara tenta manter-se à margem desta guerra para desespero da comunidade curda.

“Se a Turquia não fizer nada a situação vai piorar. Vamos assistir a confrontos em todo o país, com pessoas a morrer e lojas a serem destruídas. As pessoas já começaram a atacar a polícia e os militares. Creio que pode ocorrer um massacre” refere um curdo.

A queda de Kobani ameaça deitar por terra o processo de paz entre Ancara e o PKK, Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

O fim das negociações pode ser anunciado já na próxima semana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Erro da justiça norte-americana corrigido ao fim de 17 anos