Última hora

Última hora

Enfermeira espanhola ganha terreno ao ébola

Em leitura:

Enfermeira espanhola ganha terreno ao ébola

Tamanho do texto Aa Aa

O estado de saúde da auxiliar de enfermagem espanhola infectada com ébola melhorou. A doente está consciente mas o seu estado ainda é ainda considerado muito grave.

Teresa Romero, de 44 anos, recebeu na sexta-feira à noite uma dose do medicamento experimental, o Zmapp. Internada na segunda-feira, passou a receber tratamento desde logo.

Na última quinta, sete pessoas apresentaram-se voluntariamente numa unidade de isolamento em Madri também para tratamento.

Os sete novos internados incluem duas cabeleireiras que haviam estado em contato com Teresa antes de ser diagnosticada positiva, e funcionários do hospital que a haviam tratado.

A mãe da cabeleireira mostra-se preocupada.

Segundo uma porta-voz do Hospital Carlos III, há agora 14 pessoas na unidade de isolamento no sexto andar do prédio.

O governo britânico enviou 750
soldados, um hospital e três helicópteros de barco para ajudar a combater o surto de ébola na Serra Leoa, onde já morreram 678 pessoas infectadas.