Última hora

Última hora

Fiat Chrysler Automobiles entra em Wall Street

Em leitura:

Fiat Chrysler Automobiles entra em Wall Street

Tamanho do texto Aa Aa

Fiat Chrysler Automobiles entrou na bolsa de Nova Iorque. Um passo que simboliza a orientação transatlântica do grupo italo-norte-americano, após uma década de aquisições e reestruturações.

Na abertura de Wall Street, as ações chegaram aos 9 dólares, ou seja, a ganhar 8% face ao preço de encerramento da sessão de sexta-feira em Milão. Na bolsa italiana, os títulos estavam também em forte alta.

A Fiat assumiu o controlo da Chrysler em 2009, depois de Washington ter evitado a falência do construtor.

Atualmente, a Fiat Chrysler Automobiles é o sétimo grupo automóvel mundial e, segundo Sergio Marchionne, diretor geral, metade das vendas do grupo são feitas nos Estados Unidos.

Com a fusão e a entrada em Wall Street, o grupo pretende reunir uma parte dos 48 mil milhões de euros que quer investir para quintuplicar os lucros e aumentar as receitas em 60% até 2018.

Mas os analistas consideram que não é o melhor momento, tendo em conta os vários mercados automóveis, e o grupo ainda não decidiu se vai aumentar o capital.