Última hora

Última hora

Mais de metade dos eurodeputados têm outras fontes de rendimento

Em leitura:

Mais de metade dos eurodeputados têm outras fontes de rendimento

Tamanho do texto Aa Aa

Um eurodeputado ganha oito mil euros de salário base mas pode ainda receber mais 11 mil euros em despesas várias. Apesar deste rendimento mensal, 53% dos membros do Parlamento Europeu têm outras fontes de rendimento, segundo uma base de dados criada pela
Transparency International

Carl Dolan, diretor para a União Europeia desta organização da sociedade civil contra a corrupção, disse à euronews que “há um grande potencial para conflito de interesses”.

“Quase 400 eurodeputados têm rendimentos de outras atividades, que atingem entre 6 e 18 milhões de euros anuais. Além desta primeira conclusão, vemos que muitos eurodeputados preenchem a declaração de interesses de uma maneira que torna impossível apurar se há ou não conflito de interesses”, explicou.

Em causa estão categorias como consultor ou gestor, sem discriminar a entidade ou setor em causa.

Dos 21 eurodeputados portugueses, oito declararam receber outros rendimentos: 5 do PS, 2 do PSD e 1 do Bloco de Esquerda.