Última hora

Última hora

Reino Unido sai do Eurostar

Em leitura:

Reino Unido sai do Eurostar

Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido vai vender os 40% que detém no Eurostar, a empresa que explora as ligações ferroviárias entre Londres e o continente europeu.

Os investidores têm até ao final do mês de outubro para apresentar propostas.

A venda, que poderá render até 382 milhões de euros, faz parte do plano de privatizações, com o qual o governo britânico espera recolher mais de 25 mil milhões de euros até 2020.

O secretário de Estado do Comércio, Paul Deighton, defende: “É um ativo financeiro. Podemos vender ativos a bom preço para reduzir o défice e usar a flexibilidade financeira para investir em infraestruturas que precisam de dinheiro público”.

Londres espera concluir a venda no início de 2015, antes das eleições legislativas.

A empresa francesa de caminhos-de-ferro (SNCF) é maior acionista do Eurostar (com 55%) e já disse que não pretende comprar a parte britânica.

Os analistas estimam que poderá interessar os alemães da Deutsche Bahn, que recebeu luz verde para realizar ligações ferroviárias no canal da Mancha a partir de 2016.