Última hora

Última hora

Saragoça bate recorde na Oferenda de Flores à Virgem

Em leitura:

Saragoça bate recorde na Oferenda de Flores à Virgem

Tamanho do texto Aa Aa

Durou mais de 14 horas e envolveu mais de 340 mil participantes a Oferenda de Flores à Nossa Senhora do Pilar, o ritual mais popular das tradicionais festas em honra da padroeira de Saragoça e da Hispanidade. O registo marca um novo recorde deste ritual, que já no ano passado – com menos 10 mil participantes – havia estabelecido um novo máximo.

As “Fiestas del Pilar” decorrem em Saragoça anualmente durante 10 dias, na semana de 12 de outubro, com arranque no fim de semana anterior. Este ano, as festas começaram na sexta-feira, 3, e terminam esta segunda-feira, 13, com a Oferenda de Frutos à Virgem (em baixo), o ritual de encerramento das “fiestas” de Saragoça.


A Oferenda de Flores à Virgem do Pilar arrancou pelas 07h30 (06h30, em Lisboa) de domingo e prolongou-se para lá das 21 horas locais. Nem mesmo a forte chuva que caiu sobre Saragoça pela tarde afastou os milhares de participantes, que, de acordo com os meios de comunicação locais, eram provenientes de cerca de 20 países.

As inscrições no ritual das flores incluíram 531 grupos – mais 35 do que em 2013 -, os quais somados aos participantes individuais fizeram escalar o número para a maior Oferenda de Flores de sempre nas festas de Saragoça. Mais de seis milhões de flores foram depositados aos pés da imagem da Virgem, na Praça do Pilar, e ali deverão permanecer até ao próximo domingo.


Novidade, este ano, foi também a participação canina. Promovido pelo Centro de Proteção Animal de Saragoça e com apoio de outras organizações amigas dos animais, decorreu igualmente um desfile de cães acompanhados por voluntarios que depositaram igualmente flores aos pés da padroeira de Saragoça para “fomentar a tolerância face aos animais”, explicou uma responsável do Centro municipal de Proteção dos Animais.