Última hora

Última hora

Governo da Catalunha renuncia ao referendo

Em leitura:

Governo da Catalunha renuncia ao referendo

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo catalão renunciou ao referendo sobre a independência da Catalunha previsto para 9 de novembro, que o Tribunal Constitucional espanhol interditara.

Artur Mas, o presidente da Generalitat da Catalunha, já se comprometeu em cumprir a lei, mas tem sido pressionado pela ala esquerda da coligação favorável ao referendo, a Esquerra Republicana, para avançar e escolher a “desobediência
civil”.

“As eleições antecipadas são a última oportunidade que resta a Artur Mas, mas Artur Mas está nas mãos da Esquerra Republicana, que não quer eleições antecipadas”, afirmou Alicia Sánchez Camacho do Partido Popular da Catalunha.

Após uma reunião com os partidos favoráveis ao referendo, o executivo catalão anunciou que esta terça-feira apresentaria uma proposta alternativa.

Segundo o governo de Mariano Rajoy, a Catalunha não se pode pronunciar sozinha sobre uma eventual secessão, uma vez que a Constituição obriga à participação do conjunto da população espanhola em questões de soberania.