Última hora

Em leitura:

Turquia: extremismo entre estudantes gera confrontos


Turquia

Turquia: extremismo entre estudantes gera confrontos

Na Turquia, um campus universitário em Istambul foi palco de confrontos entre dois grupos de estudantes. A violência teve lugar no dia 26 de setembro após um dos grupos ter pendurado uma bandeira na qual condenava a recente violência em Kobani. Poucos minutos depois, os estudantes foram atacados por simpatizantes do grupo extremista Estado Islâmico.

“Nós defendemo-nos atrás de mesas. Atiraram copos e pratos e nós fizemos o mesmo. Depois destruiram a nossa barricada e atacaram-nos. Três dos nossos amigos ficaram feridos”, adianta Aysegul Korkut, uma estudante que se viu envolvida nos confrontos.

O incidente é visto como mais um exemplo da radicalização que se tem vindo a acentuar no país nos últimos anos.

O analista político e professor de Relações Internacionais, Ahmet Kasim Han, afirma que “a espiral de radicalização é de tal ordem que, se não se fizer nada, irá originar situações extremas num período de tempo muito curto”.

Os incidentes de 26 de setembro marcaram o início de um ciclo de violência na Universidade de Istambul.

Esta segunda-feira a polícia deteve 42 estudantes que se envolveram em novos confrontos no campus de Beyazit.

Para uma parte crescente da população, figuras icónicas do extremismo têm vindo a ganhar popularidade.

“Eles são considerados terroristas pelos países ocidentais. Mas a definição de terrorismo também varia. Para nós, os jihadistas são heróis” defende Osman Akyildiz, proprietário de uma livraria especializada em temas islâmicos.

Sinais de alarme que podem sugerir tendências futuras; enquanto isso, os combates em Kobani prosseguem e os extremistas do grupo ISIL aproximam-se da fronteira turca.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Ucrânia: Protestos violentos em frente ao Parlamento