Última hora

Última hora

A "guerra do Kosovo" em pleno estádio de Belgrado

Em leitura:

A "guerra do Kosovo" em pleno estádio de Belgrado

Tamanho do texto Aa Aa

Um jogo de futebol reacendeu as tensões nacionalistas entre a Albânia e a Sérvia, a uma semana da primeira visita de um presidente albanês a Belgrado.

O jogo entre a seleção dos dois países na capital sérvia foi interrompido depois de vários distúrbios no interior do estádio.

Os incidentes foram inflamados por um avião telecomandado com uma bandeira alusiva à grande Albânia – incluíndo o Kosovo, um território disputado entre os nacionalistas dos dois países – que sobrevoou o estádio de Belgrado.

As autoridades sérvias detiveram durante algumas horas o filho do presidente albanês, Olsi Rama, suspeito de estar aos comandos do aparelho.

Uma provocação insuportável para um apoiante sérvio, “este ato mostra que as tensões da guerra do Kosovo entre albaneses e sérvios permanecem depois de tudo o que nos fizeram e isto não vai acabar bem”.

Para um apoiante da Albânia, originário do Kosovo, “os sérvios mostraram uma vez mais que são um estado criminoso ao transformar um jogo de futebol num cenário de guerra”.

O filho do presidente albanês, de regresso a Tirana, rejeitou qualquer implicação no incidente que ocorre a uma semana da primeira visita de um chefe de estado albanês a Belgrado em 70 anos, vista como um gesto de reconciliação apesar da tensão entre as duas comunidades no Kosovo.