Última hora

Última hora

Argélia: forças da ordem reclamam melhores condições

Em leitura:

Argélia: forças da ordem reclamam melhores condições

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de um milhar de polícias argelinos manifestaram-se esta quarta-feira em frente ao palácio do presidente Abdelaziz Bouteflika exigindo melhores condições de trabalho.

Trata-se do terceiro dia de protestos dos agentes da ordem que exigem ainda a demissão do chefe da polícia assim como o aumento dos salários.

Na segunda-feira, a polícia de intervenção foi chamada a intervir na cidade de Ghardaia, no sul do país, para interromper confrontos entre elementos das comunidades árabe e berbere de onde resultaram dois mortos.

Após os confrontos, as forças policiais sairam às ruas para protestarem contra as condições de trabalho. Na terça-feira, os protestos alastraram-se à capital com centenas de polícias a desfilarem frente às instalações do governo.

Na Argélia existem cerca de 200 mil agentes policiais.