Última hora

Última hora

Cooperação Rússia/China

Em leitura:

Cooperação Rússia/China

Tamanho do texto Aa Aa

A convite de Moscovo, o primeiro-ministro chinês Li Keqiang está desde domingo na Rússia para reforçar a cooperação entre os dois países em várias áreas.

Esta terça-feira foi acordada a ampliação da cooperação na pesquisa espacial e Li Keqiang foi recebido por Vladimir Putin no Kremlin, que se mostrou satisfeito com a situação atual.

“Tenho muito prazer em destacar que a China ocupa uma das posições cimeiras na lista dos investidores na economia russa”, sublinhou Putin.

Por seu lado, Keqiang destacou as inúmeras possibilidades para projetos conjuntos.

“Somos os maiores países vizinhos. A Rússia é o maior pais do mundo em território; a China é o maior país do mundo em população.
Os dois maiores significa que as nossas economias podem complementar-se de uma forma muito forte”, afirmou o primeiro-ministro chinês.

Na segunda-feira, os dois países assinaram um acordo para o fornecimento de gás russo a Pequim.

O acordo era uma condição obrigatória para a entrada em vigor de um mega contrato fechado em maio entre Moscovo e Pequim, após dez anos de árduas negociações.