Última hora

Última hora

Ébola: OMS prevê pico de até 10 mil novos casos por semana em dezembro

Em leitura:

Ébola: OMS prevê pico de até 10 mil novos casos por semana em dezembro

Tamanho do texto Aa Aa

A Organização Mundial de Saúde estimou que o Ébola atingirá um pico de entre 5.000 e 10.000 novos casos por semana no início de dezembro.

A agência das Nações Unidas estima também que a partir desse pico o número de infetados comece a diminuir paulatinamente graças às ações da luta contra a infeção que estão a ser aplicadas.

“Estou grato pelo empenho do pessoal civil e militar dos Estados membros, pelo material e pelo dinheiro, mas estou muito, muito preocupado que tudo isso não seja, nem de perto, suficiente para parar o Ébola. A melhor forma de proteger as pessoas dos países não infetados é ajudar a Guiné, a Libéria e a Serra Leoa a parar o Ébola agora, onde ele está”, disse Anthony Banbury, chefe da missão da ONU para o combate ao Ébola.

Segundo a mesma fonte, a taxa de mortalidade da epidemia situa-se nos 70% nos três países da África ocidental mais afetados.

Em teoria, os dados apontam para uma taxa de sobrevivência de 50%, mas os números mascaram a realidade.

Nina Pham, a enfermeira infetada com o vírus Ébola nos Estados Unidos, afirmou que se sente bem, segundo um comunicado divulgado pelo hospital onde trabalha.

Em Espanha a auxiliar de enfermagem também infetada com o vírus do Ébola registou uma “leve melhoria no seu estado clínico” e encontra-se estável, disse o diretor geral do Hospital Carlos III, onde está internada.