Última hora

Última hora

EUA anunciam novo caso de Ébola

Em leitura:

EUA anunciam novo caso de Ébola

Tamanho do texto Aa Aa

Na Serra Leoa prosseguem os esforços para conter a epidemia de Ébola que já reclamou mais de 4 mil vidas, a maioria na África ocidental.

O reforço dos protocolos de proteção do pessoal médico é uma das questões mais importantes.

O tema está a ser discutido ao nível do Conselho de Segurança da ONU.

Apesar da maioria dos casos ocorrerem na Libéria, Serra Leoa e Guiné, a ausência de um plano de combate ao alastramento do vírus representa uma ameaça potencial à paz e segurança mundiais.

A Organização Mundial de Saúde, OMS, já começou a definir as metas de um plano de combate a este vírus mortal.

“Os números a alcançar são 70-70-60, ou seja, 70% de enterros seguros, 70% de casos em tratamento e dentro do período de 60 dias a partir da data de 1 de outubro”, afirmou Bruce Aylward, Diretor-geral Assistente da OMS.

O anúncio coincidiu com notícias que dão conta de um novo caso de Ebola nos Estados Unidos.

No fim de semana passado, uma das enfermeiras que tratou um paciente originário da Libéria foi declarada infetada.

O novo caso envolve um outro profissional de saúde que teria igualmente estado envolvido no tratamento do primeiro caso de Ébola nos Estados Unidos.

A falta de equipamento adequado e formação tem sido apontado como uma das causas por detrás destas infeções hospitalares.