Última hora

Última hora

Maratona na Selva, uma ultramaratona no meio do Amazonas

Em leitura:

Maratona na Selva, uma ultramaratona no meio do Amazonas

Tamanho do texto Aa Aa

É para muitos a mais dura corrida de resistência do mundo. A 10.ª edição da Maratona na Selva terminou este fim de semana no Brasil.

65 atletas de 17 países, incluindo Portugal, alinharam à partida para 275 km no meio da selva amazónica. À chegada eram apenas 26. Muitos não resistiram às condições extremas desta ultramaratona, outros, como os portugueses Carlos Sá e Carlos Coelho decidiram abandonar a prova por causa de divergências com a organização.

Polémicas à parte, os atletas andaram por entre piranhas, tarântulas, jaguares e outros animais selvagens no Parque Nacional de Tapajós, no estado do Pará, no norte do Brasil.

A vitória no quadro masculino foi para Widy Greco, de Guadalupe, que já tinha vencido a edição 2007 da Maratona na Selva. Nas senhoras, triunfo para a britânica Josie Benson.