Última hora

Última hora

Ébola: Europa reforça troca de informações sobre passageiros aéreos

Em leitura:

Ébola: Europa reforça troca de informações sobre passageiros aéreos

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia (UE) vai lançar uma auditoria para ver até que ponto são eficazes os sistemas de controlo de passageiros nos aeroportos dos países da África Ocidental mais afetados pelo Ébola, de forma a poder ajudar no reforço das medidas.

Numa reunião de emergência dos ministros da Saúde da UE, esta quinta-feira, em Bruxelas, foi também decidido trocar informações sobre esse controlo nos aeroportos europeus.

No entanto, cabe a cada Estado-membro decidir que medidas aplicar, tendo o Reino Unido já iniciado esse controlo.

A ministra italiana da Saúde, Beatrice Lorenzin, disse que “chegámos a consenso sobre o reforço de controlos e troca de informações, utilizando uma base de dados ou outros instrumentos disponibilizados pelo acordo Schengen, de modo a obtermos mais informações sobre a mobilidade dos cidadãos”.

Libéria, Serra Leoa e Guiné-Conacri são os países onde se concentrarão as ações de monitorização e envio de ajuda. Bruxelas também vai coordenar esforços com os Estados Unidos.

O comissário europeu para a Saúde, Tonio Borg, avançou que “esperamos assinar em breve um acordo com o Departamento de Estado norte-americano sobre a utilização dos seus aviões para a evacuação médica de profissionais de saúde oriundos da União Europeia”.

A correspondente da euronews, Margherita Sforza, realça que “a resposta europeia à crise do Ébola voltará a ser discutida na próxima semana, primeiro pelos chefes da diplomacia e, depois, pelos chefes de Estado e de Governo”.