Última hora

Última hora

Espanha: Três novos casos suspeitos de ébola

Em leitura:

Espanha: Três novos casos suspeitos de ébola

Tamanho do texto Aa Aa

O protocolo de emergência foi ativado em Madrid por receios de que um passageiro de um avião da Air France esteja contaminado com o vírus Ébola.

Sabe-se apenas que o passageiro, proveniente de Lagos, na Nigéria, via Paris, foi levado para o Hospital Carlos III na capital espanhola.

Só esta quinta-feira, outras duas pessoas foram levadas para a unidade de saúde. Uma é um missionário que chegou na terça-feira da Libéria, outra foi quem acompanhou na ambulância a enfermeira Teresa Romero, internada com Ébola desde o dia 6.

Responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmam ter 14 países prioritários para ajudar na prevenção, países como a Guiné Bissau, o Senegal, o Mali e a Costa do Marfim que têm fronteiras terrestres com as nações mais afetadas na África ocidental. A OMS não tem dúvidas de que o vírus pode aparecer noutros lados, como nos Estados unidos e Espanha.

Mas não existem motivos para alarme. As medidas de prevenção destinam-se a evitar eventuais surtos. A OMS anunciou mais uma vez que os países com maior perigo são os que têm sistemas de saúde pouco robustos, especialmente em África.

Estão a ser desenvolvidos esforços ao nível global. Os Estados Unidos pediram recentemente autorização a Madrid para usarem bases aéreas espanholas como apoio às operações de combate ao vírus em África.