Última hora

Última hora

Filipinas: Pagamento de resgate liberta alemães em cativeiro há meio ano

Em leitura:

Filipinas: Pagamento de resgate liberta alemães em cativeiro há meio ano

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo islâmico Abu Sayaf que tem ligações à al-Qaida cumpriu o prometido e libertou dois reféns alemães em troca de 4,6 milhões de euros.

Os reféns, Stefan Okonek, de 71 anos e Henrike Dielen, na casa dos 50, foram capturados pelos militantes, em abril numa embarcação em alto mar. Estavam reféns na remota ilha de Jolo, a quase mil quilómetros a sul de Manila.

No pedido de resgate figurava também a exigência de que a Alemanha deixasse de apoiar os ataques aéreos norte-americanos na Síria.

O grupo tinha ameaçado matar um dos reféns esta sexta-feira mas tinha também concordado em estender o prazo da execução se houvesse garantias de que a quantia exigida estava a caminho.