Última hora

Última hora

Britânicos manifestam-se contra erosão salarial

Em leitura:

Britânicos manifestam-se contra erosão salarial

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de pessoas manifestaram-se em Londres para denunciar a erosão dos salários e a perda do poder de compra no Reino Unido.

Segundo os organizadores do protesto, tendo em conta a evolução da inflação, os ordenados semanais dos britânicos são hoje, em termos reais, 50 libras mais baixos do que em 2008.

O secretário-geral do sindicato Unison, Dave Prentis, diz que “estas pessoas – na maioria com salários baixos – pagam o preço do que os ricos e poderosos fizeram à nossa comunidade.Elas não provocaram a crise bancária ou danificaram a economia, no entanto estão a pagar o preço: desapareceram 600.000 postos de trabalho e as pessoas estão a ser empurradas para baixo, para o salário mínimo”.

Muitos dos manifestantes eram funcionários públicos, que rejeitam a oferta do governo de um aumento de 1 por cento nos salários, mais baixo que a inflação.

O protesto teve eco em Glasgow, na Escócia, e em Belfast, na Irlanda do Norte.