Última hora

Última hora

Ébola põe o mundo em alerta máximo

Em leitura:

Ébola põe o mundo em alerta máximo

Tamanho do texto Aa Aa

Ainda que não se pretenda alarmar as populações, em relação ao vírus ébola, a verdade é que, de cada vez que há alguma suspeita, o caos instala-se. Principalmente, porque esta é uma ameaça real, das mais importantes das últimas décadas.

Enquanto o Presidente da Libéria apela à união de todos os países afetados, Cuba oferece-se para se juntar aos Estados Unidos, na luta contra o vírus, e já enviou pessoal para a Serra Leoa.

Em França as medidas de precaução são, cada vez mais, apertadas, principalmente, nos aeroportos e em relação aos passageiros dos voos provenientes dos países africanos afetados.

A União Europeia reúne, esta semana, para debater este problema, cada vez mais preocupante, e que já alastrou a países de outros continentes como os Estados Unidos e Espanha. O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros já propôs a criação de uma missão civil no seio dos 28, para ajudar a combater a epidemia de ébola em África.

Em vários países as farmacêuticas tentam encontrar vacinas eficazes para combater o vírus. Reino Unido, Itália e Estados Unidos são alguns deles mas, até ao momento, o tratamento que parece mais eficaz é canadiano.