Última hora

Última hora

Melilla: imigrantes atravessam fronteira

Em leitura:

Melilla: imigrantes atravessam fronteira

Tamanho do texto Aa Aa

Em Melilla, pelo menos 50 imigrantes conseguiram atravessar a fronteira espanhola no enclave situado paredes meias com Marrocos.

Os imigrantes faziam parte de um grupo maior de cerca de 150 imigrantes provenientes da África sub-saariana.

O assalto desta segunda-feira teve lugar após os incidentes da semana passada que resultaram em pelo menos 10 feridos.

Melilla, tal como Ceuta, é um enclave espanhol no norte de África e, como tal, um destino preferencial para todos aqueles que pretendem entrar na Europa ilegalmente.

O incidente desta segunda-feira coincidiu com um apelo lançado pelo Alto Comissariado da ONU para os refugiados, Acnur, dirigido às autoridades espanholas no sentido de adotarem as medidas necessárias para garantirem o respeito pelos direitos fundamentais dos imigrantes.

Nos incidentes da semana passada, imagens captadas por uma organização local de defesa dos Direitos do Homem mostram um indivíduo de nacionalidade camaronesa a ser espancado por elementos da Guardia Civil.

As imagens causaram escândalo em Espanha com o governo a ser acusado de não dar instruções claras aos guardas fronteiriços.