Última hora

Última hora

Hungria: Um imposto para a internet

Em leitura:

Hungria: Um imposto para a internet

Tamanho do texto Aa Aa

A Hungria pretende criar um imposto para os fornecedores de internet, depois de já o ter feito para bancos e empresas energéticas.

O governo prevê arrecadar 20 mil milhões de florins por ano, através de uma taxa de 150 florins, o equivalente a 48 cêntimos de euro, por gigabyte.

Mas analistas do setor, em declarações à Reuters, afirmam que o imposto poderá custar 200 mil milhões de florins às empresas, que no ano passado, terão ganho apenas 160 mil milhões de florins.

A ideia integra o orçamento de Estado para 2015, que foi entregue ao parlamento.

A contestação é grande. Num dia, mais de 120 mil pessoas reagiram numa página especial do Facebook.

Para a associação de empresas tecnológicas isso vai refletir-se nos bolsos dos clientes.