Última hora

Última hora

México: A luta, nas ruas, pelo regresso dos 43 estudantes desaparecidos

Em leitura:

México: A luta, nas ruas, pelo regresso dos 43 estudantes desaparecidos

Tamanho do texto Aa Aa

No México, dezenas de pessoas saíram às ruas, esta terça-feira, para exigir o regresso, em segurança, dos 43 alunos desaparecidos em Guerrero.

Os estudantes, foram vistos, pela última vez há mais de três semanas, depois de terem participado em protestos. Na altura terão sido atacados por homens do cartel de drogas local em ligação com agentes da polícia municipal, de Iguala.

Para o presidente da Comissão de Direitos Humanos do México, nesta região, “a margem de impunidade é muito grande.” Raul Plascencia afirma que se pode “ver, claramente, que a lei não funciona, que as instituições públicas não funcionam, quer na prevenção de crimes quer na busca dos autores dos 43 desaparecimentos forçados e dos 6 assassinatos cometidos”, segundo ele, “descaradamente, a 26 de setembro.”

Também esta terça-feira, as autoridades mexicanas ofereceram uma recompensa de mais de 100 mil dólares a quem fornecer informações sobre o desaparecimento ou o paradeiro destes estudantes.