Última hora

Última hora

Ébola: Controlos médicos nos EUA para todos os passageiros vindos dos 3 países mais atingidos

Em leitura:

Ébola: Controlos médicos nos EUA para todos os passageiros vindos dos 3 países mais atingidos

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos reforçam as medidas contra o ébola. A partir de segunda-feira, todos os passageiros vindos da Libéria, da Guiné Conacri e da Serra Leoa serão controlados diariamente pelas autoridades de saúde durante os 21 dias de incubação do vírus.

Barack Obama aproveitou para felicitar o pessoal do Texas Presbyterian Hospital, onde o paciente liberiano Thomas Eric Duncan, entretanto falecido, dera entrada.

O presidente norte-americano referiu “as dezenas de pessoas que tiveram um contacto inicial e muito próximo com Eric Duncan, incluindo a família e os amigos, e que estão agora livres de perigo”, graças à “coragem e à preserverança” do pessoal hospitalar.

Livre de perigo está também Amber Vinson, uma das duas enfermeiras contaminadas enquanto tratavam Eric Duncan. Amber já não tem o vírus.

Quanto à outra enfermeira – Nina Pham -, o seu estado de saúde também mostra sinais de melhoras.

Quem também já não tem o vírus e saiu do hospital pelo seu próprio pé foi o ‘cameramen freelance’ Ashoka Mukpo. O americano contraiu o ébola em África, mas já está curado.