Última hora

Última hora

Guarda Vickers herói do Canadá

Em leitura:

Guarda Vickers herói do Canadá

Tamanho do texto Aa Aa

Michael Zehef-Bibeaum, o homem que atacou o Parlamento canadiano tem ligações a grupos radicais e agiu sozinho.

O seu perfil é identico ao do indivíduo que, no início desta semana, matou um soldado no Quebeque antes de ser abatido pela polícia.

Um militar que se encontrava de serviço ao Memorial da Guerra, no exterior do Parlamento foi a primeira vítima mortal do terrorista.

Trata-se do capitão Nathan Cirillo, que pertencia ao regimento das Forças na Reserva. Outro camarada, no local, sofreu ferimentos numa perna.

Depois deste incidente, o atacante acedeu ao parque de estacionamento da Assembleia Legislativa com uma viatura homolegada e correu para o interior do edifício, onde se deu o confronto com as forças de segurança.

O tirotei durou alguns segundos e foi aqui, muito próximo da porta do gabiente do primeiro-ministro, que um guarda, Kevin Vickers, sargento e veterano da Royal Canadian Mounted Police, 29 anos de serviço, 58 de idade, foi filmado com a sua arma antes do disparo que abateu Zehaf-Bibeau.

Hoje Vickers é tratado como um herói, em todo o país.