Última hora

Última hora

Gás do norte alivia países Bálticos e irrita Rússia

Em leitura:

Gás do norte alivia países Bálticos e irrita Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Países Bálticos rumo à independência energética em relação à Rússia.

‘’ Independência” é, precisamente, o nome do navio que transporta o primeiro carregamento de gás liquefeito para o mar no Báltico vindo da Noruega.

A embarcação lançou âncora no porto lituano de Klaipeda, um passo fundamental para cortar as amarras relativamente à ameaça permanente de restrição vinda de Moscovo.

Várias centenas de pessoas quiseram aplaudir o navio, que mede em comprimento o equivalente a três campos de futebol.

A Lituânia vai poder importar até 4 mil milhões de metros cúbicos de gás por ano a partir de 2015, de acordo com fontes da empresa norueguesa Statoil.

Governo lituano sugeriu recentemente que a presumível missão do submarino russo “fantasma” em águas do mar do norte, estará relacionada com este carregamento de gás natural, numa altura em que Vilnius redobra esforços para declarar a independência energética face ao gigante russo Gazprom.