Última hora

Última hora

Poroshenko vencedor das eleições ucranianas

Em leitura:

Poroshenko vencedor das eleições ucranianas

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente Petro Poroshenko é o vencedor das eleições legislativas ucranianas.

Mesmo se o Bloco Poroshenko teve uma votação abaixo da esperada, o presidente pode cantar vitória, com o conjunto das forças pró-europeias a conseguir uma larga maioria no parlamento.

“Os resultados das eleições dão uma vitória sólida às forças democráticas, pró-europeias e pró-ucranianas, o que nos dá uma grande oportunidade de desenvolver e fazer reformas”, disse Poroshenko.


As novidades são a chegada de uma nova força, o partido de tendência democrata-cristã “Auto-Ajuda”, que ficou no terceiro lugar, e a ausência dos comunistas do novo parlamento. A oposição próxima do ex-presidente Yanukovich ficou com o quarto lugar.

O presidente vai agora reunir todas as forças pró-europeias para formar uma coligação de governo. Em princípio, a coligação vai reunir todas as forças que defendem uma aproximação da Ucrânia à União Europeia: “Temos dez dias para criar aquele que eu espero vir a ser o melhor governo que a Ucrânia pode ter. Um governo que pode, como nenhum outro, lidar com os desafios que o país enfrenta hoje”, frisou o presidente.

A segunda força mais votada, com um resultado muito próximo do Bloco Poroshenko, foi a Frente Popular, dirigida pelo atual primeiro-ministro Arseniy Yatsenyuk. A Frente Popular vai entrar na coligação. Yatsenyuk pode mesmo manter o cargo de chefe do governo, mas ainda nada está decidido: “Tive uma conversa com o presidente da Ucrânia. Vamos, o mais rapidamente possível, formar uma coligação.
Espero que o novo governo seja formado exclusivamente por pessoas competentes, profissionais”, disse o líder da Frente Popular.

Depois das presidenciais de maio, estas legislativas antecipadas foram uma nova etapa para legitimar nas urnas o poder que nasceu do movimento popular que derrubou o governo pró-russo de Yanukovich, no inverno.