Última hora

Última hora

Merkel e reis da Bélgica lembram batalha da Flandres

Em leitura:

Merkel e reis da Bélgica lembram batalha da Flandres

Tamanho do texto Aa Aa

A batalha da Flandres foi relembrada pelos líderes da Bélgica e da Alemanha. Cem anos depois de um dos momentos mais marcantes da Primeira Guerra Mundial, a chanceler alemã Angela Merkel participou, ao lado dos reis da Bélgica, na cerimónia que assinalou a data.

Em Ypres, na Bélgica, de 20 a 30 de outubro de 1914, as tropas inglesas, francesas e belgas enfrentaram as do Império Alemão, naquela que seria a última batalha do ano, decisiva na conquista do acesso ao mar.

Na batalha, morreram entre 120 e 150 mil soldados aliados e mais de 130 mil alemães. Foi a primeira de duas batalhas a ter lugar em Ypres (a segunda deu-se em 1915).

Não é a primeira vez que o centenário da Primeira Guerra Mundial é comemorado em Ypres. Mas desta vez, a cerimónia contou com convidados de países de África, da Ásia e das Américas. Reportagem de Sándor Zsiros, da redação da euronews em Bruxelas.