Última hora

Última hora

Tunísia: Nidaa Tounes vence legislativas mas falha maioria

Em leitura:

Tunísia: Nidaa Tounes vence legislativas mas falha maioria

Tamanho do texto Aa Aa

É oficial: O Nidaa Tounes ganhou as eleições legislativas que decorreram no domingo na Tunísia. O partido laico liderado por Beji Caid Essebsi, de 87 anos, conquistou 85 dos 217 assentos no parlamento tunisino, falhando a maioria da assembleia.

Para segundo lugar caiu o Ennahdha ou Partido do Renascimento, vencedor das eleições de novembro de 2011. O partido islamita liderado pelo professor de filosofia Rached Ghannouchi perdeu 20 lugares e vai agora ocupar 69 assentos no parlamento.

Foi mais um passo da Tunísia rumo a democracia plena depois da revolução de 2011 que derrubou, então, o regime do Presidente Zine El Abidine Ben Ali. Estas segundas eleições legislativas após a queda de Ben Ali tiveram uma participação de quase 70 por cento, o que representa quase mais 20 por cento do que há três anos.

Sem a maioria no parlamento, o Nidaa Tounes já está, entretanto, a negociar com outras forças políticas a necessária coligação para governar. A aliança com o Ennahdha não está, por enquanto, sobre a mesa.

A escolha do primeiro-ministro deverá ficar, no entanto, dependente das presidenciais que vão decorrer na Tunísia a 23 de novembro.