Última hora

Última hora

NATO: Manobras Bold Alligator 2014

Em leitura:

NATO: Manobras Bold Alligator 2014

Tamanho do texto Aa Aa

À medida que o nível de ameaça global vai subido substancialmente nos últimos tempos, a NATO e as forças da coligação aliada lançaram o exercício Bold Alligator 2014 ao largo da costa da Virgínia e da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, com o simulacro de operações aeronavais.

“É óbvio que vivemos num mundo muito dinâmico e temos de estar prontos para tudo. É o que aqui estamos a fazer. Se formos necessários e nos chamarem, estaremos prontos”, disse o Comodoro Rob Kramer.

O exercício, que decorre até ao dia 10, propõe aos participantes vários cenários de resposta a situações de crise.

“Os comandantes têm agora a flexibilidade de determinar a execução das missões. Isso é fenomenal porque dada essa flexibilidade, nós, os subordinados, temos a possibilidade de contribuir e ajudar nessa decisão”, referiu o Comandante Greg Baker.

No exercício participam forças de 19 países envolvendo cerca de 8.000 soldados e marinheiros.

As manobras centram-se nos desembarques em larga escala perante forte oposição e em conceitos de vanguarda como, por exemplo, a utilização de drones submarinos.

“A NATO e as forças da coligação treinam todo o tipo de operações anfíbias, incluindo missões humanitárias e de ajuda em casos de desastre. Contudo é a grande subida do nível de ameaça global que torna Bold Alligator um teste crucial à prontidão dos aliados”, sublinhou Stefan Grobe, correspondente da Euronews nos Estados Unidos.