Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: Benfica recebe Mónaco sobre brasas

Em leitura:

Liga dos Campeões: Benfica recebe Mónaco sobre brasas

Tamanho do texto Aa Aa

O Benfica recebe esta terça-feira o Mónaco e só a vitória interessa para os encarnados continuarem a sonhar com um lugar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

A equipa portuguesa tem desiludido na Liga dos Campeões mas o empate registado há duas semanas no principado mostrou que os franceses estão ao seu alcance.

Lisandro López, castigado, e Eliseu, lesionado, são os dois grandes ausentes para Jorge Jesus. Jardel é escolha praticamente certa para o lugar do argentino no eixo da defesa, para a lateral esquerda, André Almeida foi o escolhido para o encontro frente ao Rio Ave e o internacional português deu boa conta de si.

O jogo fica ainda marcado pelo regresso de Bernardo Silva ao Estádio da Luz. O criativo nunca se conseguiu impor de águia ao peito mas continua a ser bastante acarinhado pelos adeptos do Benfica.

Ricardo Carvalho e João Moutinho também fazem parte da lista de Leonardo Jardim.

Jogo grande em Madrid

O Real Madrid é provavelmente a equipa em melhor forma no futebol europeu, soma onze vitórias consecutivas em todas as competições e com elevada nota artística.

Basta mais um triunfo, em casa frente ao Liverpool, para os merengues garantirem um lugar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Gareth Bale, que parece recuperado de uma lesão muscular, é a grande dúvida para Carlo Ancelotti.

Os ingleses perseguem um lugar na fase a eliminar pela primeira vez em cinco anos mas a tarefa complicou-se com as derrotas em Basileia e em casa frente ao Real.

A equipa está distante da forma do ano passado e Balotelli tem sido uma desilusão mas o italiano gosta de brilhar nos grandes palcos e dificilmente encontra maior palco que o Santiago Bernabéu.

Em Basileia, a equipa de Paulo Sousa recebe o Ludogorets de Vitinha e Fábio Espinho, ambas as equipas sonham ainda com um lugar entre os 16 melhores da Europa.

No grupo A, o jogo grande coloca frente a frente Juventus e Olympiacos, em Turim. Os italianos, já com duas derrotas, estão proibidos de perder pontos.

No grupo D, Dortmund e Arsenal garantem a qualificação se vencerem ambos.