Última hora

Última hora

O que é a resolução 4K?

Em leitura:

O que é a resolução 4K?

Tamanho do texto Aa Aa

A televisão pública italiana (RAI) apresentou recentemente a ópera “La Bohème” de Puccini filmada em resolução 4K.

A chamada televisão de ultra-alta definição permite imagens mais nítidas.

A 4K é considerada a resolução máxima para um televisor, juntamente com a 8K UHD, devido às limitações do olho humano.

“A sigla significa que a televisão 4K, também chamada ultra HD, tem uma resolução quatro vezes superior à dos televisores convencionais Full HD. Passamos de dois milhões de píxeis ou de pontos, a oito milhões. Obtém-se uma resolução superior que permite duas coisas: ter uma imagem mais nítida e um ecrã maior, mantendo a mesma distância de visão, sem que haja desconforto. Em relação aos ecrãs, há uma tendência para aumentá-los mantendo contudo o sofá à mesma distância”, explicou Gianfranco Giardina, especialista italiano em tecnologias audiovisuais.

A ópera “La Bohème” a filmada pela televisão pública italiana, é apenas uma produção experimental. É possível comprar um aparelho com resolução 4K, mas por enquanto não existem conteúdos disponíveis em ultra alta definição.

“Esse é o grande problema. Tudo o que dissemos até agora seria verdade e seria muito eficaz se todas as transmissões, de conteúdo online e offline, discos blue-ray e DVD’s tivessem resolução 4 K. Mas não é assim pelo menos por enquanto. A transmissão faz-se em definição tradicional. As transmissões são em resolução convencional ou no máximo em full HD, o que representa apenas um quarto das capacidades de um televisor 4K.
Temos de esperar, é uma aposta no futuro. A prioridade é aumentar os conteúdos, como acontece muitas vezes na área tecnológica, nem sempre há sincronização entre a introdução de uma tecnologia na Televisão, neste caso, e a disponibilidade de conteúdos adequados”, frisou Gianfranco Giardina.

Um dos obstáculos à produção de conteúdos com resolução 4K é o custo. No caso da rodagem da ópera de Puccini, a televisão pública italiana utilizou câmaras extremamente sofisticadas.

“Usámos seis câmaras em resolução 4K, o último modelo 4K com lentes cinematográficas para garantir que as imagens são mesmo 4K”, contou Stefano Rebechi, um dos produtores do projeto da RAI.