Última hora

Última hora

ONU condena eleições no leste da Ucrânia enquanto Kiev prepara resposta

Em leitura:

ONU condena eleições no leste da Ucrânia enquanto Kiev prepara resposta

Tamanho do texto Aa Aa

“Infelizes e contraprodutivas”. Foi desta forma que o secretário-geral da ONU definiu as eleições nas regiões separatistas do leste da Ucrânia, que ameaçam deitar por terra o acordo de paz com Kiev.

Esta terça-feira tiveram lugar as cerimónias de tomada de posse dos “presidentes” das duas autoproclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk.

Em Kiev, o chefe de Estado ucraniano, Petro Poroshenko, frisava ontem que “a farsa eleitoral do dia 2 põe em risco o processo de paz, iniciado com grande esforço, e piora a situação na região de Donbass. As responsabilidades caem exclusivamente sobre os organizadores e os que ordenaram e executaram estas pseudo eleições”.

O presidente vai rever todos os compromissos de paz assinados com os rebeldes pró-russos, em setembro, em Minsk. Kiev poderá suspender o “estatuto especial” concedido às regiões separatistas ou mesmo avançar com um plano para a reconquista militar do território.