Última hora

Última hora

Uma questão de honra para o Sporting, FC Porto procura passo de gigante

Em leitura:

Uma questão de honra para o Sporting, FC Porto procura passo de gigante

Tamanho do texto Aa Aa

O Sporting joga esta quarta-feira o tudo ou nada na Liga dos Campeões ao defrontar o Schalke no Estádio de Alvalade.

O jogo até pode significar o adeus à liga milionária, mas para os leões trata-se sobretudo de uma questão de honra.

Não só devido à polémica derrota sofrida há duas semanas na Alemanha, mas também graças à reação de Bruno de Carvalho após a pesada derrota em Guimarães no fim de semana passado.

Maurício, expulso no encontro da Alemanha, é a única carta fora do baralho para Marco Silva. Nesse aspeto o Sporting está em vantagem.
No Schalke, Roberto di Matteo tem dois jogadores em dúvida e sete lesionados, entre os quais a grande estrela da equipa, Julian Draxler.

Em Bilbao, o Athletic ainda persegue a primeira vitória ma receção ao FC Porto. Os bascos têm desiludido e somam apenas um ponto, ao invés, a equipa azul e branca tem confirmado o seu favoritismo e até pode carimbar já o passaporte para os oitavos de final, dependendo do resultado entre Shakhtar e BATE.
A equipa de Julen Lopetegui apresenta-se na máxima força e joga com a tranquilidade de só depender de si para alcançar os seus objetivos.

Manchester City e Ajax em busca da primeira vitória

O Manchester City ainda persegue a primeira vitória na competição e recebe os russos do CSKA de Moscovo. Ambas as equipas jogam o tudo ou nada e apesar do favoritismo estar dos lados dos ingleses, o fator casa acaba por desempenhar um papel secundário. Em oito jogos perante os seus adeptos na Liga milionária, apenas venceram dois. David Silva, lesionado, será o grande ausente do encontro.

No outro jogo do Grupo E, a Roma apresenta-se em Munique para tentar vingar a goleada sofrida há duas semanas em pleno Estádio Olímpico.

Na Amsterdam Arena, o Ajax joga sobre brasas frente ao Barcelona, sabendo que uma derrota significa o adeus à Liga dos Campeões. Ainda para mais, Viktor Fischer, peça fundamental da equipa, está lesionado e não pode dar o seu contributo.

Os holandeses irão tentar tirar partido da instabilidade da equipa catalã, que ainda não venceu desde que Luis Suárez se estreou e somou duas derrotas consecutivas na Liga espanhola pela primeira vez em cinco anos.