Última hora

Última hora

Cristiano Ronaldo recebe terceira Bota de Ouro e aponta ao "Olimpo"

Em leitura:

Cristiano Ronaldo recebe terceira Bota de Ouro e aponta ao "Olimpo"

Tamanho do texto Aa Aa

“O melhor de sempre”, é o sonho que comanda a vida de Cristiano Ronaldo. Esse objetivo foi expresso esta quarta-feira, em Madrid, onde o futebolista português pôde finalmente colocar as mãos na terceira Bota de Ouro da carreira, um prémio pelos 31 golos marcados na época passada e que recebeu, curiosamente, um dia após ter visto interrompida aos 12 uma longa série de jogos a marcar.


O avançado do Real Madrid tem vindo a colecionar recordes e, ao ficar em branco terça-feira, acabou por ver um outro ser adiado na vitória do Real Madrid diante do Liverpool (1-0, golo de Benzema). CR7 leva 70 golos marcados na Liga dos Campeões e está a apenas um de igualar um outro mítico “7” do Real Madrid, Raúl, o atual recordista de golos na principal prova de clubes do futebol europeu. Leo Messi, do Barcelona, contudo, está logo atrás de Ronaldo, com 69.


Depois de partilhar desde 2011 a distinção de ter duas Botas de Ouro com Fernando Gomes e Eusébio, Ronaldo tornou-se, aos 29 anos, no primeiro português a vencer por três vezes o prémio de melhor marcador de todas as ligas europeias. Um título que partilha este ano com o uruguaio Luis Suarez, que marcou igualmente 31 golos pelo Liverpool antes de se transferir no verão para o Barcelona.

Mas Cristiano quer mais. Muito mais. “A mim não me basta ser apenas o melhor de Portugal ou o melhor da atualidade. Quero ser o melhor de sempre. É esse o meu objetivo. Posso não vir a sê-lo, mas na minha cabeça é para isso que vou trabalhar. Depois depende da opinião de cada um. Há uns que gostam mais de louras, outros mais de morenas. Com os jogadores é igual. Há quem prefira o Cristiano, outros gostam mais de outros. Eu respeito isso, mas na minha cabeça, na minha profissão e no meu trabalho, eu quero ser sempre o melhor”, afirmou, em espanhol, Cristiano Ronaldo, eleito há semeanas melhor jogador da última Liga espanhola, destacado como melhor marcador e ainda autor do melhor golo da época passada.


Detentor do título de melhor do mundo, o capitão da Seleção Nacional é o único português a figurar este ano na lista de candidatos a essa mesma distinção da FIFA. Com os números que leva e o título de campeão da Liga dos Campeões, apesar do fraco Mundial no Brasil, Ronaldo assume-se como o principal candidato. Mas há quem não pense assim.

Para o presidente da UEFA, Michel Platini, por exemplo, a Bola de Ouro deveria voltar às mãos de Messi – finalista vencido do Mundial e de forma polémico eleito o melhor do torneio brasileiro – ou ir para um alemão – foram campeões do Mundo. Fintando polémicas, ao francês, Cristiano Ronaldo prometeu apenas responder em campo. Com golos. Só esta época, em 16 jogos pelo Real Madrid, já marcou 22 – a que se soma mais um por Portugal, na Dinamarca.

Reações à Bota de Ouro
O presidente Florentino Pérez e os colegas de equipa Casilas, Sergio Ramos e Gareth Bale representaram o Real Madrid na entrega desta Bota de Ouro a Ronaldo. Para o líder do clube, não há dúvidas, Ronaldo “voltou a demonstrar que pertence à categoria das lendas”. “Ele junta o talento e a qualidade a uma grande entrega dentro de campo. Não há límites impossíveis para Cristiano Ronaldo”, defendeu Florentino Pérez, para quem o português é simplesmente “o melhor jogador do Mundo.”

“Não somente conquistou o respeito, a admiração e o carinho de todos os companheiros e adeptos como também de todos os profissionais por esse mundo fora. Há alguns tempos perdemos o nosso presidente de honra, Alfredo di Stéfano, mas hoje temos aqui o digno herdeiro”, reforçou o presidente dos “merengues.”


Para o empresário Jorge Mendes, que representa Ronaldo desde os tempos do Sporting, o avançado do Real Madrid já “é o melhor jogador da história”. “Já tinha dito que será o melhor jogador e melhor desportista de sempre”, acrescentou o também representante de José Mourinho – o treinador do Chelsea e Ronaldo são os únicos ativos da carteira de clientes da Gestifute que Mendes cujas carreiras gere pessoalmente.

O presidente da Federação Portuguesa de futebol pergunta-se “até onde é que Cristiano Ronaldo chegará”? “Tem sido uma carreira verdadeiramente fantástica, composta por prémios atrás de prémios e enorme qualidade futebolística”, destacou Fernando gomes, em dec larações à estação de televisão SIC, acrescentando que Ronaldo “está numa fase excecional”: “Infelizmente, teve um período menos bom que coincidiu com a lesão. Mas retomou a forma física e merece a Bola de Ouro.”

Segundo atleta mais bem pago do Mundo
À margem dos prémios pelos feitos dentro do relvado, a revista Forbes destacou também Cristiano Ronaldo esta quarta-feira como o futebolista mais bem pago do Mundo, sendo batido no Mundo do desporto apenas pelo pugilista Floyd Mayweather. A revista escreve que o jogador portugês ganha 80 mihões de dólares por ano (64 milhões de euros), dos quais 52 milhões (42 milhões de euros) em salários e prémios de jogo e 28 milhões (22 milhões de euros) em patrocínios. Mayweather ganha 105 milhões de dólares (84 milhões de euros) por ano.


A lista da Forbes