Última hora

Última hora

Prémio WISE distingue trabalho pedagógico de Ann Cotton em África

Em leitura:

Prémio WISE distingue trabalho pedagógico de Ann Cotton em África

Tamanho do texto Aa Aa

Ann Cotton, pedagoga britânica, fundadora da Camfed – uma ONG dedicada à luta contra a pobreza em África através da educação feminina -, é a vencedora do Prémio WISE deste ano. Cotton iniciou a campanha pedagógica no continente africano em 1993. Desde então, mais de 3 milhões de crianças beneficiaram de um trabalho que foi agora distinguido na sexta edição da Cimeira Mundial da Inovação para a Educação, em Doha, no Qatar.

“Sinto uma enorme alegria. É uma grande honra e uma plataforma fantástica para falar sobre a questão que dominou o trabalho que desenvolvi ao longo da vida: a educação das raparigas em África. O dinheiro do prémio será aplicado na educação secundária de mais de um milhão de raparigas nos próximos cinco anos”, declara Cotton.

O programa que implementou em zonas rurais no Zimbabué, Zâmbia, Gana, Tanzânia e Malawi prevê o acompanhamento das alunas desde a escola primária até à idade adulta. Nas suas palavras, “as pessoas que vivem naqueles contextos difíceis compreendem melhor o que fazemos. Nós é que precisamos de aprender com aquelas comunidades que enfrentam tantos desafios. Temos de ser bons ouvintes para captar não apenas aquilo que dizem, mas também aquilo que não é dito. Temos de os ouvir de forma inteligente.”

É a segunda vez em 6 anos que este galardão, que muitos consideram como o Nobel da Educação, é atribuído a uma mulher. Ann Cotton centra as atenções numa cimeira que se debruça sobre a criatividade como ferramenta de aprendizagem.