Última hora

Última hora

Israel reforça segurança

Em leitura:

Israel reforça segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Israel reforçou a segurança nas ruas depois dos atropelamentos de quarta-feira, na Cisjordânia e em Jerusalém.

O palestiniano que atropelou três soldados israelitas, perto do campo de refugiados de El-Aroub, já se entregou à polícia israelita.

Em Jerusalém, as autoridades instalaram barreiras de segurança junto da estação de elétricos que foi palco de um outro atropelamento, na véspera.

Uma israelita afirma sentir-se “mais segura” com as novas proteções mas espera não ter de se “esconder atrás delas”. Outra mulher afirma que “é uma loucura ter de começar a colocar barreiras junto às estações do elétrico e às paragens dos autocarros”.

Quarta-feira, um palestiniano lançou, deliberadamente, uma carrinha contra as pessoas que estavam na estação de Shimon Hatzadik, muito utilizada pelos ultraortodoxos que vão rezar ao túmulo judeu homónimo, em Jerusalém Leste. A seguir, saiu do veículo e ainda tentou agredir os transeuntes com um pé de cabra, antes de ser abatido pela polícia.

Esta quinta-feira, ao final da tarde, está agendada uma manifestação de judeus extremistas, que deve terminar na Esplanada das Mesquitas. No entanto, para evitar novos confrontos, a polícia deverá impedir a entrada dos ultranacionalistas no espaço.