Última hora

Em leitura:

Windsurf: Francês Traversa e espanhola Iballa Moreno coroados no Havai


Desporto

Windsurf: Francês Traversa e espanhola Iballa Moreno coroados no Havai

O francês Thomas Traversa e a espanhola Iballa Ruano moreno são os novos campeões do Mundo de Windsurf sobre ondas. Nas derradeiras etapas dos respetivos Mundiais, as ondas da ilha de Maui, no Havai, favoreceram ambos, em especial a espanhola, de 36 anos, que acabou por ultrapassar na geral a irmã gémea Daida, a grande favorita, mas que teve uma prestação para esquecer.

Na prova masculina, Traversa foi o finalista vencido diante do americano Morgan Noireaux, mas os 2067 pontos averbados foram suficientes para o francês conquistar pela primeira vez o título mundial da especialidade.


O principal adversário do francês era o espanhol Victor Fernandez Lopez, cuja derrota para o brasileiro Marcílio “Brawzinho” Browne – campeão do Mundo no ano passado -, o fez terminar esta etapa no Havai na quarta posição e entregar o título Traversa. O colombiano Ricardo Campello também tinha algumas hipóteses, mas foi sexto na etapa e acaba por completar o pódio do Mundial, com os mesmos pontos de “Brawzinho”.

Classificação masculina da Clássica “Aloha”, no Havai
1. Morgan Noireaux (EUA), 2100 pontos
2. Thomas Traersa (Fra), 2067
3. Marcílio Browne (Bra), 2034
4. Victor Fernandez (Esp) 2001

Clássicação geral do Mundial
1. Thomas Traversa (FRa), 8301
2. Victor Fernandez (Esp), 8202
3. Ricardo Campello (Col), 8021
4. Marcílio Browne (Bra), 8021

Duelo das “manas” Moreno
Na prova feminina, a coroa deste ano foi disputada até à última pelas gémeas Ruano Moreno. Quem acabou a rir foi Iballa, que até partia para esta terceira e derradeira etapa do Mundial atrás da “mana” Daida, a grande favorita ao título depois de ter ganho as duas primeiras etapas.

As ondas do Havai, porém, não foram dessa opinião e Daida não conseguiu ir além do 13.° lugar nesta etapa, o que lhe valeu apenas 1688 pontos. Com isso, abriu caminho para Iballa subir ao primeiro posto e a irmã não se fez rogada.


Com um impressionante “aéreo”, Iballa arrebatou o primeiro lugar na etapa e o título mundial feminino na especialidade, deixando a irmã no segundo lugar. A francesa Alice Arutkin foi quinta na etapa, somou 1968 pontos e, com eles, conseguiu, pela primeira vez na carreira, subir ao pódio do Mundial.

Classificação feminina da Clássica “Aloha” no Havai
1. Iballa Moreno (Esp), 2100 pontos
2. Fiona Wylde (EUA), 2067
3. Tiffany Ward (EUA), 2034
4. Junko Nagoshi (Jap), 2001

Classificação geral do Mundial
1. Iballa Moreno (Esp), 6234
2. Daida Moreno (Esp), 5888
3. Alice Arutkin (Fra), 5822
4. Armanda Beenen (Hol), 5756

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

Desporto

Râguebi: Inglaterra recebe campeões do Mundo e França defronta Fiji