Última hora

Última hora

BCE, Estados Unidos e Alemanha: A divisão

Em leitura:

BCE, Estados Unidos e Alemanha: A divisão

Tamanho do texto Aa Aa

Nenhuma mudança de política para o Banco Central Europeu, pelo menos por agora.

Após uma reunião alegadamente tensa, tendo em conta os rumores sobre os ataques à liderança de Mario Draghi, o Conselho de Governadores decidiu manter o plano delineado no verão.

Será preciso esperar por novos estímulos. O BCE quer verificar se as últimas medidas são suficientes para relançar a economia.

Do outro lado do Atlântico, a situação económica deixou de ser um problema.

Apesar de um desempenho económico melhor do que na zona euro, os eleitores sancionaram o presidente de Barack Obama e os democratas, nas eleições intercalares.

Os mercados congratularam-se com a conquista do Congresso pelos Republicanos, apesar dos receios de um impasse entre os poderes executivo e legislativo.

Por falar de divisões, nesta edição de Business Weekly vemos também os progressos na reunificação da Alemanha, 25 anos após a queda do Muro de Berlim.