Última hora

Última hora

Justiça espanhola abandona acusação de branqueamento de capitais contra irmã do rei

Em leitura:

Justiça espanhola abandona acusação de branqueamento de capitais contra irmã do rei

Tamanho do texto Aa Aa

A Justiça espanhola reduziu as acusações que pesavam sobre a infanta Cristina, a irmã do rei Felipe VI.

O tribunal de Palma de Maiorca decidiu manter a acusação de fraude fiscal, mas abandonou o delito, mais grave, de branquemento de capitais no “caso Nóos”, que envolve a infanta e o marido, Iñaki Urdangarin.

Em termos do crime de fraude fiscal, Cristina de Borbón poderá também escapar do banco dos réus se lhe for aplicada a chamada “doutrina Botín”, isto é, se apenas se mantiver a acusação popular e, tanto a procuradoria anticorrupção como os supostamente lesados não formalizarem uma acusação.