Última hora

Última hora

Reino Unido consegue reduzir fatura de Bruxelas

Em leitura:

Reino Unido consegue reduzir fatura de Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido reclama vitória na reunião dos ministros das Finanças da União Europeia, mas os parceiros europeus desmentem.

Bruxelas exigia mais de dois mil milhões de euros até 1 de dezembro. Agora, o governo britânico irá pagar a soma em duas prestações até setembro do próximo ano e terá um pagamento antecipado do “cheque britânico”.

Mas, face à imprensa, o ministro britânico das Finanças, George Osborne, defendeu: “A conta foi reduzida para metade, o pagamento adiado, não vamos pagar juros e se houver erros vamos receber o dinheiro de volta. Mudamos também, de forma permanente, as regras da União Europeia para que isto não volte a acontecer”.

O assunto tinha incendiado as relações entre Londres e Bruxelas, após a revisão da fórmula de cálculo do Produto Interno Bruto dos países. David Cameron afirmava que não pagava, com os olhos postos nas legislativas de maio e face a um eleitorado cada vez mais eurocéptico.