Última hora

Última hora

Escalada no conflito da Ucrânia

Em leitura:

Escalada no conflito da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Os bombardeamentos dos últimos dias e a chegada de uma longa coluna militar à região de Donetsk no leste da Ucrânia faz termer a agudização do conflito.

As agências internacionais e os observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) tinham já falado da chegada de tanques provenientes da Rússia. Estas imagens, registadas esta segunda-feira, parecem confirmar esse envio embora Moscovo continue a negar o apoio militar aos separatistas ucranianos.

Já na semana passada, fontes oficiais ucranianas tinham assinalado a passagem da Rússia para a Ucrânia de pelo menos 32 tanques, 16 sistemas de artilharia e 30 camiões carregados de munições, sem terem, na altura, apresentado qualquer prova.

O cessar-fogo é cada vez mais letra morta.

Exército ucraniano e separatistas acusam-se mutuamente da responsabilidade dos bombardeamentos. As populações na região de Donetsk afirmam estar a viver num verdadeiro inferno.