Última hora

Em leitura:

Ucrânia: Donetsk entre bombardeamentos intensos e movimento de armas pesadas


Ucrânia

Ucrânia: Donetsk entre bombardeamentos intensos e movimento de armas pesadas

O bastião rebelde de Donetsk, no leste da Ucrânia, foi palco este domingo dos mais intensos bombardeamentos do último mês.

O cessar-fogo teoricamente em vigor há dois meses é cada vez mais uma miragem e tanto Kiev como os separatistas se acusam mutuamente de violar o plano de paz.

Estados Unidos e União Europeia manifestaram “inquietude” face aos relatos de observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, que deram conta da chegada de uma coluna de tanques e armas pesadas sem identificação a Donetsk.

Uma residente diz que aqueles que ainda vivem na cidade têm “muito medo”.

Depois de quase sete meses de conflito, que fizeram mais de quatro mil mortos segundo a ONU, uma grande parte da população fugiu de Donetsk, que continua a viver um quotidiano marcado pelos combates, apesar da entrada em vigor, a 5 de setembro, do cessar-fogo.

As eleições separatistas organizadas há uma semana reforçaram as tensões com Kiev.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Loick Peyron estabelece novo recorde na Rota do Rum