Última hora

Última hora

Armísticio da Primeira Grande Guerra: Cerimónia em Paris

Em leitura:

Armísticio da Primeira Grande Guerra: Cerimónia em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês François Hollande deu início às cerimónias de homenagem aos mortos da I Guerra Mundial, esta manhã em Paris.

O presidente francês subiu a avenida dos Campos Elísios, passou revista às tropas, reacendeu a chama em frente ao túmulo do soldado desconhecido sob o Arco do Triunfo e depositou flores no local, como prevê o protocolo.

Porém, 70 manifestantes foram presos por aproveitaram a ocasião para vaiar o presidente por causa da política económica do governo socialista, e contra os aumentos de impostos.

Com a morte dos últimos combatentes da Primeira Guerra Mundial, a França passou a celebrar o Armistício homenageando os soldados mortos pelo país no ano em curso. Este ano, famílias de soldados mortos no Mali receberam o cumprimento solene do chefe de Estado.
Também em Ypres, na Bélgica, se organizou uma homenagem emotiva neste aniversário.

As comemorações de hoje têm o ponto alto na inauguração do Anel da Memória na região de Pas de Calais.

Dia do Armistício: siga as comemorações em direto a partir das 14:30