Última hora

Última hora

Médico recupera e Estados Unidos estão livres de casos de ébola

Em leitura:

Médico recupera e Estados Unidos estão livres de casos de ébola

Tamanho do texto Aa Aa

Já teve alta o último paciente conhecido a ser tratado por ébola nos Estados Unidos. Craig Spencer, de 33 anos, é médico e esteve a trabalhar na Guiné Conacri, no ataque à epidemia que tem vindo a assustar o Mundo.

A 23 de outubro, Spencer foi diagnosticado com ébola e colocado em quarentena para tratamento no Centro Hospitalar de Bellevue, em Nova Iorque. Menos de três semanas depois livrou-se da infeção e da quarentena. Até o presidente da Câmara da “Big Apple”, Bill de Blasio, o abraçou.


“O meu caso representa apenas uma fração dos mais de 13 mil casos reportados na África Ocidental, o foco do surto”, afirmou o já recuperado médico, lançando um apelo: “Por favor, ajudem-me a virar as atenções para a África Ocidental e a assegurar que os voluntários médicos e outros assistentes de saúde não são vitimas do estigma e de ameaças quando regressarem a casa.”

É um dia muito, muito bom. O primeiro e único caso de ébola de Nova Iorque foi tratado com sucesso. O doutor Craig Spencer está livre do ébola e Nova Iorque também”, enalteceu Bill de Blasio.