Última hora

Última hora

Países UE podem recusar benefícios sociais a imigrantes desempregados

Em leitura:

Países UE podem recusar benefícios sociais a imigrantes desempregados

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados-membros da União Europeia podem impedir os imigrantes desempregados de receberem benefícios sociais, depois do Tribunal de Justiça da União Europeia se ter pronunciado favorável num caso na Alemanha.

Um centro de emprego em Leipzig recusou conceder a uma cidadã romena o subsídio de desemprego, alegando que ela não tinha entrado na Alemanha para procurar emprego e nunca tinha trabalhado, nem na Alemanha, nem na Roménia.

Uma decisão que permite agora, aos países da UE, recusarem estes subsídios, a cidadãos que se encontrem na mesma situação.